Forúm Geração Consoles
Gostou do Fórum? Então registre-se e venha fazer parte no Fórum GC Wink

Accept

Ir em baixo

Accept Empty Accept

Mensagem por Draconloko em 10/12/2011, 18:35

Accept

Accept Accept-en-lima-2011

Accept é uma banda de heavy metal da Alemanha que teve importante papel no desenvolvimento do speed metal e power metal na Europa. Tem influências aparentes de Judas Priest e AC/DC. Devido ao vocal arranhado de Udo e a seu estilo sonoro, o grupo serve de influência para quase todas as bandas de metal melódico, e são um dos precursores do power/speed Metal. Seus temas líricos são: problemas sociais, sexo, rock/metal e fantasia.

História

No final da década de 1970 e início da de 1980, a Alemanha começava a despontar como um dos grandes berços do rock and roll. E foi nesse país e nessa época, que o vocalista Udo Dirkschneider, depois de algumas breves experiências musicais, montou o Accept.

Após a formação estar completa com Wolf Hoffmann e Jorg Fischer nas guitarras, Peter Baltes no baixo e Frank Friedrich na bateria, a banda lança o álbum de estréia auto-intitulado em 1979. Apesar da voz de Udo ter sido o grande destaque do disco, Peter Baltes foi quem cantou nas faixas "Sounds Of War" e "Seawinds". No ano seguinte, I’m a Rebel serviu para marcar a entrada do baterista Stefan Kaufmann e foi só em Breaker, de 1981, que o grupo começou a ter uma estrutura realmente profissional, com produtor, empresário e tudo mais.

Já nacionalmente conhecidos, o Accept decide então dar um grande passo e lança Restless and Wild em escala mundial. O álbum, de 1982, é aclamado pela mídia e é até hoje reconhecido como um dos mais importantes do heavy metal. A faixa de abertura "Fast As a Shark" torna-se um dos maiores hits do grupo.

O guitarrista Jan Koemmet substitui Jorg Fischer e é lançado, em 1983, o clássico Balls To The Wall. A faixa-título ganha um videoclipe bastante executado e rende grandes turnês. Dois anos depois, sai Metal Heart, que contou com o mesmo produtor do Scorpions, e com a volta de Fischer ao grupo. Quase que simultaneamente, é lançado o EP ao vivo Kaizoku-Ban que trazia faixas como "Head Over Heels", "Love Child" e "Living For Tonight".

Em 1986, "Russian Roulette", marcou o rompimento do Accept. Por divergências artísticas, Jorg Fischer e o vocalista Udo abandonam o grupo. Este último se lança em carreira solo e somente três anos depois chega às lojas o novo trabalho dos alemães. Eat the Heat trazia David Reece nos vocais e Jim Stacey na guitarra. Apesar da inegável qualidade do disco, os fãs não aceitaram muito bem os novos integrantes. Novos desentendimentos entre os próprios membros e problemas de saúde com Stefan Kaufmann levaram ao encerramento das atividades do grupo.

Um álbum ao vivo com a antiga formação, intitulado Staying A Life, foi lançado em 1990 e trazia todos os grandes sucessos como "Neon Nights", "Son Of A Bitch" e "Dogs On Leads". A volta do Accept, porém, com Udo de volta aos vocais, não demorou. Em 1992, Objection Overruled chegou para reconquistar o público, mas desta vez como um quarteto, já que Wolf Hofmann ficou sendo o único guitarrista. Death Row, editado na seqüência, foi a despedida de Stefan Kaufmann no grupo.

Em 1996 os alemães lançaram seu último trabalho. Predator contou nas baquetas com Michael Cartellone, que tocou com Ted Nugent, e depois desse lançamento decidiram encerrar em definitivo as atividades da banda.

Udo Dirkschneider retomou sua carreira solo com o U. D. O. e o duplo ao vivo The Final Chapter, saiu dois anos depois. Em 2001 e 2002 foram lançados A Tribute To Accept e A Tribute To AcceptII, respectivamente, no qual bandas consagradas como Primal Fear, Darkane, Therion e Dimmu Borgir fizeram suas versões para os clássicos do Accept.

Em 2004, para alegria dos fãs da banda, chegava às lojas o CD e DVD Metal Blast From The Past. O material foi gravado durante uma turnê mundial do grupo na década de 1980 e reúne além de grandes sucessos da carreira, extras e galeria de fotos.
Em 2005, depois de inúmeras apresentações pelos quatro cantos do mundo, o grupo anunciou que tiraria umas férias dos palcos. O concerto de despedida aconteceu em Kaverna, na Bulgária.

Em 2009, a banda se reúne novamente, agora com o Mark Tornillo nos vocais, e em 2010 lança o décimo segundo álbum de estúdio: Blood of the Nations. Ao contrário das expectativas, o álbum tornou-se um sucesso nas paradas musicais, ficando na quarta posição na Media Control Charts. Nesse ano a banda tocou pela segunda vez no Rock Hard Festival.

Integrantes

Formação atual

Mark Tornillo - vocal (2009- )
Wolf Hoffmann - guitarra solo (1975- )
Herman Frank - guitarra rítmica (1982-84, 2005- )
Peter Baltes - baixo (1975- )
Stefan Schwarzmann - bateria (1994- )

Antigos membros

Udo Dirkschneider - vocal (1968-1987, 1992-1997, 2005)
David Reece - vocal (1988-1989)
Stefan Kaufmann - bateria (1980-1994)
Frank Friedrich - bateria (1976-1979)
Jörg Fischer - guitarra (1978-1982, 1984-1988)
Jim Stacey - guitarra (1989)

Discografia

Álbuns de estúdio

Arrow Accept (1979)
Arrow I'm a Rebel (1980)
Arrow Breaker (1981)
Arrow Restless and Wild (1982)
Arrow Balls to the Wall (1983)
Arrow Metal Heart (1985)
Arrow Russian Roulette (1986)
Arrow Eat the Heat (1989)
Arrow Objection Overruled (1993)
Arrow Death Row (1994)
Arrow Predator (1996)
Arrow Blood of the Nations (2010)

Vídeos

Balls to the Wall



Blood Of The Nations



Fonte
Draconloko
Draconloko
Intermediário
Intermediário

Sexo : Masculino
Zodíaco : Aquário
Horóscopo chinês : Porco
Mensagens : 413
Créditos : 922
Pontos positivos : 43
Data de nascimento : 12/02/1995
Data de inscrição : 28/07/2011
Idade : 24
Localização : Na Frente do Pc Ué.. !
Emprego/lazer : Estudante/Vagabundo
Humor : Dependi de Tii !

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum